Homem de 45 anos ficou a 3,5 metros de profundidade

Bombeiros consideraram resgate um verdadeiro milagre

Por JMais

Depois de quase 10 horas de trabalho dos Bombeiros de Canoinhas, Três Barras, Major Vieira e equipe do Serviço Móvel de Urgência (Samu), Valdir Vielevski, de 45 anos, foi retirado sem ferimentos graves de um aterro industrial da Cia Canoinhas de Papel na madrugada desta quinta-feira, 25. O acidente aconteceu no bairro Água Verde, na antiga estrada de Arroios, às 15h30 desta quarta-feira, 24.

Valdir estava em uma valeta de cerca de 3,5 metros ajeitando tubos que seriam posteriormente enterrados por um trator. Durante o trabalho, o barranco desmoronou e soterrou a vítima. Apesar de ter mais de 1,5 metro de terra sobre a cabeça, o homem sobreviveu. 

Bombeiros e Samu chegaram rapidamente no local e tentaram comunicação e acesso por um buraco pelo outro lado da vala para se comunicar com a vítima. “Pudemos calcular sua localização e iniciarmos a retirada do material com uso de máquinas, escoras, tapumes e várias equipes de bombeiros em revezamento. Retiramos a terra, que estava sobre a cabeça da vítima numa espessura de cerca de 1,5 metro. Após foi ofertado oxigenoterapia (um tubo com oxigênio), acalmado a vítima e continuado na retirada de terras e pedras que estavam ao redor prendendo o corpo da vítima”, explicam os bombeiros em nota à imprensa.

Search  Search

View More Results…