Nova sentença: Justiça condena presos por tráfico em Papanduva

As duas sentenças já publicadas conferiram aos condenados penas que, somadas, superaram o total de 58 anos

Por JMais

Nesta segunda-feira, 5, foi publicada a segunda sentença referente aos presos da operação Melinoe, realizada pela Polícia Civil em 14 de março deste ano no município de Papanduva. As duas sentenças já publicadas conferiram aos condenados penas que, somadas, superaram o total de 58 anos e ao pagamento de R$ 318 mil em multa. No total, seis pessoas já foram condenadas.

Na ocasião, a Polícia Civil de Papanduva, com apoio de policiais civis de Mafra, Canoinhas e Itaiópolis, cumpriram mandados judiciais, incluindo mandados de prisões temporárias e de busca e apreensão em residências. Os mandados foram cumpridos em investigação que visa desarticular uma associação voltada para o tráfico de drogas.

Essa associação controlava a venda de drogas na cidade de Papanduva. O tráfico de drogas era realizado em duas casas que serviam unicamente para a atividade ilícita. Uma ficava no centro do município e destinada ao comércio de cocaína e outra localizada no bairro Santa Mônica, onde se comercializava especialmente crack.

Na ocasião também foram apreendidos aproximadamente R$ 17 mil em dinheiro.

De acordo com a Polícia Civil, ao longo dos últimos 12 meses, quinze pessoas já foram condenadas por tráfico na Comarca de Papanduva, sendo que todas as penas somadas ultrapassam 115 anos de prisão. Ainda há investigações policiais em curso e ações penais ainda não julgadas.

Search  Search

View More Results…